Empresa restaurou 1.100 brises de 14 andares e todo o sistema de movimentação das janelas do prédio histórico no Rio que é ícone do Modernismo

Palácio Capanema

A Concrejato Engenharia – líder no mercado de recuperação de estruturas e pioneira na combinação de serviços de retrofit e de restauro do patrimônio histórico e arquitetônico – finalizou a obra de restauração das fachadas e esquadrias do Palácio Gustavo Capanema. A entrega ocorreu em cerimônia nesta quinta-feira (20/09), com a presença do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o prédio foi inaugurado em 1946 no Centro do Rio de Janeiro e é ícone do Modernismo.

Contratada pelo Iphan, a construtora iniciou o trabalho em janeiro de 2015 como parte do programa PAC Cidades Históricas, do governo federal. O projeto incluiu a recuperação do sistema dos brises-soleil (quebra-sol formado por lâminas horizontais móveis), a recuperação estrutural das faces internas e externas dos mais de 6 mil m² de esquadrias em aço e dos vidros, e a restauração de todos os sistemas de movimentação das janelas. Foi feita ainda a execução de um guarda-corpo de vidro no perímetro da cobertura e a recuperação das pastilhas dos pavimentos 16 e 17 e da cobertura da Sala Gilberto Freyre, no 1º andar.

“Os brises antigos foram substituídos por novos de fibrocimento e pintados na cor original, chamada de azul Lucio Costa. Fizemos vários testes até chegar ao tom especificado no projeto. O sistema de movimentação das lâminas, que já não funcionava, foi totalmente recuperado e agora é possível direcioná-las de acordo com a incidência do sol”, explica o engenheiro Fabricio Rocha, gerente Operacional da Concrejato Engenharia.

Ele conta que a restauração dos brises e das esquadrias foi feita pelo lado externo, e do sistema de movimentação por dentro, de acordo com um cronograma direcionado a partir dos andares de cima para baixo: “Um dos desafios foi executar a obra com o prédio ocupado parcialmente. Os pavimentos iam sendo desocupados à medida em que avançávamos”.

Para maior segurança e eficiência energética, todos os vidros das janelas receberam uma película protetora importada dos Estados Unidos. “O material precisava ter as dimensões no tamanho exato dos vidros, que originalmente têm a espessura muito fina. A película diminui o risco de quebra. Os vidros tiveram tratamento no local e apenas as peças quebradas foram trocadas”, afirma Fabricio Rocha.

O Palácio Gustavo Capanema foi idealizado na década de 40 para sediar o Ministério da Educação e Saúde do Governo Vargas. Agora será usado para a realização de eventos, workshops, exposições e palestras.

A Concrejato Engenharia está há 40 anos no mercado e já realizou mais de 400 obras em patrimônios históricos. As mais recentes restaurações de fachadas no Rio foram executadas pela empresa na Biblioteca Nacional e no Palácio Tiradentes. Outros projetos de restauro e retrofit na cidade: Theatro Municipal, Mosteiro São Bento, Palácio Guanabara, Museu Benjamin Constant, e Museu de Arte.

Contato:
Concrejato Engenharia
(21) 3147-4200 / (11) 4550-6301
http://www.concrejato.com.br/